Drenomodeladora

DRENOMODELADORADRENO OU  MODELADORA ?

Drenagem ou modeladora?

DLM fonte: (google imagens)
DLM fonte: (google imagens)

O post de hoje é sobre Drenomodeladora tem um objetivo: Fazer você profissional esteticista pensar … E em seguida atuar de forma correta e profissional com base no respaldo científico.

DRENOMODELADORA

  • Como?
  • Drenagem ou Modeladora?
  • é possível unir duas técnicas distintas em uma só?
  • Qual resultado eu terei usando duas técnicas com objetivos diferentes em minha cliente?
  • Se a minha cliente emagrecer foi a drenagem ou a modeladora?
  • Se der efeito contrário?
  • Causar dor e inchaço?

 

Para entender melhor, segue brevemente as diferenças:

Drenagem linfática manual – melhora do retorno linfático;  Diminuição dos líquidos excedentes; aumento do reparo tecidual, cicatrização; Técnica suave, manobras lentas e repetitivas.

Massagem Modeladora – Massagem rápida, com movimentos vigorosos, com manobras de percussão: amassamentos com o objetivo de promover a melhora do contorno corporal, aumento da vasodilatação superficial.

Alguns “Esteticistas” Vendem a drenomodeladora como uma técnica que ajuda a cliente a perder medidas, vendem como se fosse uma técnica com bases científicas e ensinadas no curso de estética, seja técnico ou de nível superior. Mas o que acontece de fato é que essa tal técnica de drenomodeladora não existe. Isso mesmo ! Se eu perguntar para você profissional esteticista, quem criou a drenomodeladora?

Você saberia responder?

Espero que assim como eu, você esteja se perguntando até agora como alguém conseguiu unir duas técnicas tão distintas, drenagem linfática e massagem modeladora ? e ainda dizer que elas conseguem dar a cliente um resultado com objetivo em comum… Que duas técnicas com objetivos diferentes, possuem o mesmo resultado esperado ?

Entenda melhor…

Vou explicar abaixo como funciona cada técnica, individualmente, como elas são e como os alunos de estética aprendem, seja no curso técnico ou superior…

 

Drenagem linfática manual

DLM fonte: (google imagens).
DLM fonte: (google imagens).

A técnica de drenagem linfática manual foi criada pelo dinamarquês Emil Vodder, e sua mulher Estrid Vodder, no final dos anos 1920, a drenagem linfática manual é hoje mundialmente reconhecida como terapêutica complementar no alívio de várias patologias que causam edemas, gozando de status científico e acadêmico a partir de pesquisas que comprovam sua eficácia.

A linfa é o líquido que está contido no interior dos vasos linfáticos, os quais formam, no seu conjunto, o sistema vascular linfático, que é a base para a sobrevivência e saúde do corpo humano.

(trechos do livro: Drenagem Linfática Manual teoria e prática Ary Elwing e Orlando Sanches).

 

A Drenagem Linfática Manual é uma das inúmeras funções do organismo (LEDUC e LEDUC, 2000).

Edema: é o acúmulo anormal de líquido intersticial cuja composição é predominantemente aquosa e não possui alta concentração protéica (o sistema linfático consegue absorver e transportar adequadamente todas as moléculas).
(Camargo e Marx, 2000).

Tenho 3 matérias aqui no blog sobre drenagem linfática manual, uma fala sobre Drenagem com desentupidor de pia (outro tema polemico) Drenagem linfática manual e reversa, que aborda cirurgia plástica e cicatrização e a drenagem linfática manual em gestantes é  só clicar nos links e ler:

Resumindo a drenagem linfática manual tem manobras lentas e repetitivas, com o objetivo de fazer evacuação da linfa, melhorando o retorno linfático, contribuindo para a diminuição de edemas, e melhora da cicatrização tecidual.

Massagem modeladora

modeladora fonte: (google imagens).
modeladora fonte: (google imagens).

A palavra massagem vem do grego masso, que significa “amassar”;

Já em 1800 a.C, os hindus usavam a massagem para redução de peso, indução do sono, combate à fadiga e relaxamento. (CASSAR,2001)

A massagem modeladora é um conjunto de manobras (trações, amassamentos deslizamentos, percurssões…), que tem como objetivo, promover a melhora do contorno corporal, através da mobilização do tecido conjuntivo e vasodilatação superficial.

Melhora o contorno corporal melhora a aparência da hidrolipodistrofia e alteram a distribuição da gordura subcutânea por tracionar verticalmente os tecidos conectivos. (ERSEK, 1997).

Realize movimentos ascendentes, com as mãos simultâneas ou alternadas. Regiões: coxa, glúteo. (CASSAR,2001).

Bom, uma técnica aumenta a vasodilatação e a outra, diminui os liquidos excedentes… quando uma pessoa esta com o tornozelo inchado você coloca compressa quente ou fria? você precisa vasodilatar mais ou fazer uma vasoconstrição?

é a mesma coisa na estética, se sua cliente tem queixa de inchaço, edemas qual técnica você vai indicar?

Porque até o atual momento não conheço ninguém que tenha tido excelentes resultados com essa “drenomodeladora“.

(imagem fonte: google)

Bom, talvez você não tenha gostado do post, porque onde você trabalha, nas clínicas que você vai todo mundo faz drenomodeladora… agora te pergunto:

A dona ou dono da clínica aprendeu drenomodeladora onde? qual foi o autor que ela buscou como referência?

Outra coisa, onde você se formou? nesse local você aprendeu a fazer igual ao que os outros fazem? ou você estudou, teve o embasamento científico e tem opinião própria? muito bem, se você é estudiosa (o) questione o que for diferente do que você aprendeu, caso tenha dúvida busque mais e mais autores.

Caso você não viva sem a drenagem e sem a modeladora segue uma sugestão para que você use as duas técnicas em sua cliente, sem que seja no mesmo dia, (na mesma sessão):

Você pode criar um protocolo de 5 sessões iniciais DLM e as 5 sessões finais, caso haja necessidade massagem modeladora, assim caso dê resultados você saberá qual das técnicas deu o resultado em sua cliente.

Estou disposta a ouvir opiniões com embasamentos científicos, vamos contribuir para uma Estética melhor !!!

Abraços e até o próximo post.

SE VOCÊ QUER SABER MAIS SOBRE O SISTEMA LINFÁTICO LEIA LIVROS DE ANATOMIA E FISIOLOGIA HUMANA (SEGUE SUGESTÕES ABAIXO):

AIRES, M.M. ‘A linfa e o sistema linfático”. Em Fisiologia. Rio de Janeiro: Guanabara-koogan, 1999.

BARROS,H.M.FISIOTERAPIA.Drenagem linfática Manual.São Paulo 1a ed, Probel,2001.p.13,53-55.

BRANDÃO M.N. Curso de Drenagem Linfática Manual no Pré e Pós Operatório de Cirurgia Plástica e Reparadora CBF – Centro Científico e Cultural Brasileiro de Fisioterapia – São Paulo 2006 p.8.

DANGELO,J.G.E FATTINI,C.A. Anatomia básica dos sistemas orgânicos. Rio de Janeiro / São Paulo. Atheneu, 1987.

GANANCIA A.El Massagem: Drenagem linfática,técnica e conhecimentos essenciais. Espanha. 1976.p.33.

GODOY,J.M.P.& GODOY M.F.G Drenagem linfática manual: novo conceito, simpósio de linfologia.J Vasc Br 2004;3(1): 77-80.

LEDUC, A.; LEDUC, O. Drenagem Linfática Teoria e Prática. 2a ed.São Paulo: Manole,2000,p.3-15,27-39.

(Trechos do livro: Drenagem linfática Manual em cirurgia plástica Neí Maria Garcia).

Por: Elaine Lima – Tecnóloga em cosmetologia e estética, pós-graduada em Docência no Ensino Superior.

2 comentários em “Drenomodeladora

  • 8 de outubro de 2017 em 11:05
    Permalink

    Maravilhosa! Amei o artigo!

    Resposta
    • 9 de outubro de 2017 em 8:54
      Permalink

      Bom dia, muito obrigada.

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *