Vitamina C – ácido ascórbico

Você sabia que a  vitamina C ou ácido ascórbico é vital para o funcionamento das células?

Sim, mas os seres humanos e os primatas são os únicos mamíferos incapazes de sintetizar a vitamina C (ácido ascórbico).  A deficiência, geneticamente determinada, da gulonolactona oxidase impede a síntese do ácido L-ascórbico a partir da glicose. A dose recomendada para manutenção de nível de saturação da vitamina C no organismo é de cerca de 100mg por dia.

Em 1970 Linus Pauling passou a recomendar altas doses de vitamina C para a prevenção de gripes, resfriados e até mesmo o câncer.

Na cosmetologia a vitamina C é um componente hidrossolúvel e termolábil ou seja, sensível a altas temperaturas; E quando ingerimos o ácido ascórbico participa dos processos celulares de oxirredução, como também é importante na biossíntese das catecolaminas. (neurotransmissores responsáveis pelos comandos cerebrais), voltados para a tireóide.

E uma pequena porcentagem da vitamina C atua em nossa pele, a vitamina C junto com o O2 (oxigênio) forma o colágeno. O ácido ascórbico age no tecido conjuntivo, durante a formação do colágeno.

Um estudo de 1967,  foi utilizado creme com fosfato de ácido ascórbico a 3%, em cobaias e notou-se a permeação desse ativo até a camada basal !!! Ou seja, no limite de permeação para um cosmético. Limite da permeação, nenhum cosmético deve chegar na derme, para não atingir a corrente sanguínea.

Estrato basal ou Camada basal. Membrana basal.
Estrato basal ou Camada basal.

Falando sobre resultados na pele:  mais importante do que a concentração de vitamina C no cosmético é a tecnologia que estabiliza o produto. A vitamina C é solúvel em água, porém é rapidamente oxidado quando exposto ao ar e não é suficientemente estável para ser aplicado de forma tópica.

Por isso a forma cosmética é importante, temos a vitamina C estabilizada em diversos meios como:

  • Vitamina C encapsulada –  a vitamina C vem em pó, dentro de uma cápsula que é aberta somente durante o uso; não deve ser reaproveitada, pois depois de aberta em contato com o ar, oxida, perde suas propriedades.
  • Vitamina C em Nanotecnologia – De acordo com (Fronza 2007), a seguinte definição pode ser aplicada para um nano cosmético: “uma formulação cosmética que veicula ativo nano encapsulados ou outros ingredientes nano estruturados apresentam propriedades superiores quanto a seu desempenho em comparação com produtos cosméticos convencionais”.
  • Vitamina C na forma de Éster – outra tecnologia na utilização da vitamina c é a utilização dela na forma de éster. Os esteres são obtidos pela ação de um ácido orgânico ou inorgânico sobre um álcool, com liberação de água. Nesta composição a vitamina c tem grande afinidade com a pele, e promove um afinamento gradual do tecido, além de favorecer o clareamento a partir do bloqueio da atividade da tirosinase.

Efeito clareador da vitamina C

  • A vitamina C em nano esferas penetra na pele até a camada basal onde estão os melanócitos, atua com efeito despigmentante através da ação inibidora da tirosinase, através do mecanismo redutor, revertendo à reação que converte a dopaquinona em DOPA;

A melanina, portanto não pode ser formada até que toda a vitamina C seja eliminada (RIBEIRO, 2010).

  • Anti-inflamatória;
  • Antioxidante;
  • Glicoestável – em sua forma glicoestavel a vitamina C possui alta performance principalmente voltada para a síntese de colágeno, atua fortemente no rejuvenescimento da pele. Nesta fórmula a vitamina está estabilizada na glicose, que por ser um componente natural da pele tem permeação mais profunda e gradual em todas as camadas da epiderme uma vez que as enzimas alfa-glicosidase vão degradando essa glicose lentamente enquanto ocorre sua permeação, ou seja, a liberação da vitamina C é gradual e prolongada, com permeação mais profunda atua estimulando o fibroblasto na síntese de fibras importantes para a manutenção da matriz extra celular, na derme.
  • Microcápsula de colágeno marinho a Vitamina C possui um sistema Bio-DDS (Drug Delivery System) ou liberação enzimática controlada. Sistema parecido com o da glicose… As enzimas da pele degradam o colágeno marinho liberando-o nas camadas da epiderme, proporcionando hidratação e consequentemente libera também a vitamina C. Neste sistema é utilizado o Ascorbil fosfato de magnésio, a forma mais antiga e utilizada da vitamina C e associada a ela para complementar esse conjunto a vitamina B3.
  • Silício – o silício (Si) é um mineral extremamente importante presente em vários tecidos do corpo humano, como a pele, cabelos e unhas. Na pele os estudos apontam o papel essencial na formação estrutural da derme através do aumento da síntese de colágeno, elastina e estabilização de glicosaminoglicanos.

Os benefícios destes ativos na pele vão além da hidratação mas também compreende a elimininação de toxinas e combate aos radicais livres. Sem dúvida a vitamina C merece ser mais investigada em todas as suas implicações, sobretudo em sua forma tópica, no nível cutâneo, criando linhas de pesquisa nas áreas de fotoenvelhecimento.

acerola

Uma curiosidade:

Vemos várias imagens na internet da (laranja representando a  vitamina C) só que dentre os 50 alimentos ricos em vitamina C, a acerola está em 2º lugar, enquanto encontramos o caju em 7º e a laranja em 15º. Utilizar o extrato de acerola em uma concentração cosmética contribui para o aumento da concentração da vitamina C e garante outros benefícios porque o extrato de acerola contém vitaminas A e B2, além de sais mineiras.

Fontes:

Revista Negócio Estética – Matéria Vitamina C.

Pinnel SR, Murad S, and Darr D, Induction of collagen synthe- sis by ascorbic acid. A possible mechanism. Arch Dermatol, 1987;23(12):1684-6.

Sharman IM, Vitamin C: Historical aspects, in Vitamin C, Recent Aspects of its Physiological and Technological Impor- tance, GG Birch and KJ Parker, Editors. 1974;Halsted Press Book, Wiley:New York.1-15.

Bel Col Cosméticos Renove C – diversas formas da vitamina C.

 

Espero que tenham gostado do tema !

Curta a página no facebook e fique por dentro:

http://www.facebook.com/esteticanomundo

Siga também no Intagram: @esteticanomundo

Postado por:

 

 

 

Por: Elaine Lima – Tecnóloga em cosmetologia e estética, pós-graduada em Docência no Ensino Superior. Esteticista por Amor !

Amo Estética !!!